Sinto muito, me perdoe, eu te amo, sou grata ♥

Eu estava me sentido completamente engasgada nos meus próprios sentimentos e palavras, quando dei de cara com este texto MARAVILHOSO  da Flavia Melissa
Incrível já não é a primeira vez que ela literalmente "lê" a minha alma ♥

Vem aqui, deixa eu te falar uma coisa. Eu valorizo demais a sua presença no meu mundo. Eu gosto demais quando vejo seus comentários, quando recebo seus emails - e mais ainda quando sinto seu carinho. Porque SIM, eu sinto o seu carinho chegar até mim. Sempre que eu comemoro uma vitória, sempre que eu compartilho algo que me deixa feliz, eu sinto que você me abraça, e que fica feliz comigo.
Acredite em mim quando eu digo que eu queria, e MUITO, ser capaz de retribuir tudo o que eu sinto receber de você - e eu sei que aqui alguns vão dizer que eu já retribuo através dos meus vídeos, e textos, e posts. Mas eu quero dizer, eu queria muito conseguir ler e responder o seu email pessoalmente. Eu queria muito conseguir ler TODOS os seus comentários em TODAS as minhas postagens e eu queria poder responder a cada um deles com a atenção que eu acho que você merece.
Mas: não consigo. Não consigo abrir as mensagens inbox que recebo no facebook e não consigo responder a tudo o que me perguntam no Instagram e não consigo interagir com todos os comentários feitos nos meus vídeos do YouTube. E eu sei que você é capaz de compreender isso, porque o seu dia tem as mesmas 24 horas que o meu e eu tenho certeza de que, assim como eu, você também gostaria de fazer coisas que não consegue fazer porque o tempo é curto e o dia escorre pelos seus dedos.
Então eu te peço: não fique chateado comigo quando você me pergunta coisas e eu não respondo, não ache que o sucesso subiu à minha cabeça porque eu não abri seu inbox no face e não me diga coisas, em comentários ou emails, que você não me diria olhando nos meus olhos. Ou diga, ache, julgue e critique, mas saiba que nossas bocas apenas falam do que nossos corações estão cheios.
Mas saiba que nada, absolutamente NADA disso diminui a minha gratidão pela nossa coexistência. Porque nós somos todos um, e você precisa estar aqui e ser quem é para que eu possa estar aqui e ser quem sou. Para que eu possa estar escrevendo estas palavras que, em última análise, significa apenas: existe muito amor aqui para todos nós.
Eu te amo.
E só.
OBS* Texto de autoria de Flavia Melissa